sábado, 9 de outubro de 2010

love is permanent right?

16 comentários:

renatacardoso. disse...

nem vale a pena perder tempo com essas pessoas.

cris disse...

de nada luna :) houve mudanças aqui no teu blog :p

RuteRita disse...

Quem sabe...

joey disse...

o blog está modificado ou é impressão minha? está bem lindo!

silenciodosegredo disse...

obrigada por me seguires. :b
es um doce.

jo disse...

obrigada :) se o amor é permanente? nunca consigo acreditar nisso. a empatia e o carinho talvez sim.

- disse...

deve ser. amor é uma coisa boa! :)

Qátjinha disse...

I guess it is...
Deviamos ceder-lhes umas hormonas femininas de vez em quando :3

Qátjinha disse...

I guess it is...
Deviamos ceder-lhes umas hormonas femininas de vez em quando :3

João Lenjob disse...

Olha, hoje eu peço perdão do fundo do coração, mas só vim mesmo avisar que como o meu blog http://lenjob.blogspot.com está completando CINCO ANOS eu postei lá DEZ POEMAS novinhos de presente e aguardo sua visita prometendo voltar aqui para degustar do seu.

João Lenjob.

Rosas Vermelhas
João Lenjob

Foi a alegria que tanto me deu
E das juras que fizemos porém
Das rosas vermelhas que eu lhe dei
Num buquê as promessa tão cheias de amor
Do presente o sorriso sincero tão bom
Da alegria que me ensinou a viver
E da vida que só eu pude dar.

Da pureza do encanto que sentimos
A inocente ternura que nos rodeava
nos mais nobres momentos que soubemos estar
Viver.

Nas rosas vermelhas da vida
O amor nunca fora escondido
Um segredo vale tanto
O brinquedo em encanto de nunca perdido
Viver, você
Perpetuamente num jardim de rosas vermelhas.

GF disse...

Eu nao sou mt dada a telmvs mas o meu esta mesmo PODRE :d e tenho um q esta sempre a arranjar :d na loja da nokia

joey disse...

gosto bastante da imagem do cabeçalho :)

so sad disse...

como disse o poetinha: infinito enquanto dura!
beijo!

renatacardoso. disse...

obrigada!

tânialopes! disse...

tudo isto vai passar, eu tenho esperança q sim, mas agora força? falta-me, falta-me por eu gastei-as todas nela! ela era a minha miúda, a minha menina. s: dei tudo por ela, e ver agora q ñ valeu d nada, dá cabo d mim.
mas eu vou conseguir, eu acredito q sim. $:

tânialopes! disse...

digo-te o mesmo querida. (:
e mais uma vez, força!