sábado, 31 de julho de 2010

carta de despedida.

(há algum tempo que queria fazer isto,
mas não me sentia minimamente preparada,
e para falar a verdade, ainda não estou preparada como devia estar.
mas tinha de ser um dia, mais cedo ou mais tarde.
não me quero despedir de ti,
mas como tu já fizeste o mesmo,
decidi fazer tal como tu.
aqui vai.)

JM, fizeste-me acreditar no amor que nunca tinha sentido, e agora sei que nunca o sentiste, apenas foste um grande actor durante este tempo todo, e isso faz-me sentir uma besta, porque nunca me apercebi que me mentias, a toda a hora! e porquê? estava completamente noutro mundo, o mundo que não estava há tanto tempo!
Bolas, isto é diversão para ti?
Tu tinhas mudado a este aspecto? não! tu fingiste estar mudado! para quê?
Tantas perguntas sem uma única palavra para uma resposta.
Não dizias o que sentias pois não?
És tão como os outros.
Tão falso.
Tão oco.
Como conseguiste ser tão frio?
O teu coração onde está?
aí espera tu não tens coração..
e fizeste o mesmo ao meu.
Isso é roubo sabias?
Dá-me o meu coração,
quero amar de novo.
sentir cada palavra, cada gesto!

gostei tanto de te ter conhecido.
és mais um de tantos milhões no mundo,
não percebes isso?
não és único,
és só mais um.
que irónico, não somos todos diferentes?
tenho menos certezas disso.

no final de contas, gostei do tempo que passamos juntos.
desde do nosso primeiro encontro em que eu fiquei logo «caídinha».
até a nossa fria despedida.
lembraste quando me ensinaste a dançar e não tínhamos música?
quando me emprestavas os teus casacos e tu morrias de frio?
e quando eu corria pela rua fora, e tu fingias que não vinhas e sem eu contar aparecias e abraçavas-me?
quando só te provocava e quanto tu adoravas que eu fizesse isso mas nunca o dizias?
e as tuas chaves de casa tinham algo meu e eu não sabia.
coisas tão pequenas mas cheias de valor..
nunca pensei dizer isto mas acho que te amei,
e ainda te amo.
só quero é que este sentimento desapareça..
mas vais estar sempre comigo dentro no meu coração disso te garanto..

uma dúvida: o amor não é permanente?
isso só significa que nunca me amaste.
agora só me resta partir sozinha.

sê feliz.
abraço da «miúda» que nunca te vai esquecer.
adeus. *




(início de um novo capitulo na minha vida)

22 comentários:

Alguém... disse...

Um capitulo de felicidade*

Joana Carvalho disse...

adoro a musica que tens aqui *.*

agora tens que guardar todas as boas recordaçoes, e claro que nunca vais esqecer, afinal de contas foi mais um momento que passou pela tua vida, que te fez crescer e tornar-te na pessoa que es agora! força qerida, e que tenhas um optimo inicio de uma nova viagem na tua vida! como costumo dizer " A vida é uma viagem.."

Joana Carvalho disse...

de nada querida :)
vais viver muitos mais, e melhores *.*
acredita e arrisca!! :)

ja te aceitei no facebook :)

Joana Carvalho disse...

ohh é que es tola, nao sou mais do que tu :p

Joana Carvalho disse...

eu é que seii.. shiuu!! :)

Joana Carvalho disse...

*.*

annie disse...

oh muito obrigada :)

Danii disse...

É verdade querida :)

Ariana disse...

Guarde somente as boas recordações desse amor!


Adorei seu blog!


bjos

Carla disse...

É mesmo triste.:/

Rita disse...

sim é isso :x

as cartas de despedida custam tanto, e esta está repleta de sentimento, adorei!*

Mel disse...

espero que tenhas razão.

Este texto, está tão profundo, adorei o teu cantinho e vou seguir-te! Obrigada pelo conforto(:

Beijinho

Esperanças desvanecidas; disse...

Ainda bem que gostaste, tanto do blog como da história. Eu estou a tentar arranjar um final para ela, mas não sei se deve acabar bem ou mal .. ainda tenho de ver melhor as coisas. Obrigada por todos os elogios, querida (:
Beijinho *

annie disse...

e vai aparecer, sempre!

Mel disse...

Não é só a minha, a tua também é fantástica(:

Rita disse...

pois acredito. tentamos sempre adiar por doer tanto.
mas ainda bem que conseguiste! :)

Sally disse...

wow ,isso parece tal e qual o que me aconteceu x) e ele também é JM : |

Marilena' disse...

Então que apareça, que eu espero há muito *

Oh, gostei tanto *.*

Rute disse...

gostei muito !
Vou seguir.

Ana disse...

Muito sentido :)

cris disse...

gostei muito da tua carta de despedida, esta fantastica*

Anna disse...

Eheh dizes isso pelo ultimo texto? Esse foi escrito para uma amiga que foi embora:) Mas sim , esquecê-lo, vou também :)