sábado, 13 de fevereiro de 2010

nunca.

tenho saudades das tuas palavras,
mas nunca as prenunciaste.
tenho saudades dos teus olhos,
mas nunca olhaste para mim.
tenho saudades do calor das tuas mãos,
mas nunca as toquei.
tenho saudades do teu cheiro,
mas nunca o senti.
tenho saudades da tua voz,
mas nunca a ouvi.
tenho saudades do teu cabelo,
mas não sei como ele é.
tenho saudades de estar encostada ao teu peito,
mas nunca estive perto de ti.
tenho saudades dos nossos momentos,
mas nunca os estivemos.
tenho saudades dos teus abraços,
mas nunca me abraçaste.
tenho saudades dos teus beijos,
mas nunca me beijaste..


principalmente tenho saudades do que nunca existiu!


33 comentários:

Lu disse...

eu tnho saudades de coisas dessas que ja aconteceram mas foi como se nao acontecessem ;)

obrigada pelo comentario !

Lu disse...

nao sei s tenho, mas tento ;)

Lu disse...

obrigada =$

Pedro disse...

oh, tá tão lindo. :$ Tocou-me no coração. :$

Alguém... disse...

Pior que a morte, só a saudade.
Saudade de acreditar.

Ele ficará para sempre *
Adorei o texto :)

Titiinha disse...

Eu sei (a) xP
Obrigado $:

Misty disse...

Nunca digas nunca!
Mas este caso é um expeção, e o nunca fica lindo, aqui.

Débora. disse...

gostei.

Pois, eu disse...

Está tão mas tão bonito. : )

Catarina Costa disse...

Está tão liindo :$$
Nunca existiu, mas irá existir (:


Vou seguir, meu amor <3

Catarina Costa disse...

A vida é feita de dificuldades, só com elas crescemos e nos tornamos cada vez mais fortes! O que seria a vida sem obstáculos e sem barreiras a ser ultrapassadas? O que seria de nós se já tivessemos vivido tudo, aprendido tudo? A nossa vida seria uma completa monotonia. :$$
Custa, custa muito! Pode até demorar muito tempo, pode até ser preciso dares muito de ti para o teres, mas não podes perder a esperança. Só com ela consegues ir contra tudo e contra todos e vencer. Só com ela consegues ter sempre um sorriso lindo no rosto. O amor chegará, ele comanda a vida. A vida não faz sentido sem o amor, na realidade (quase) tudo é feito de amor.

Alguém... disse...

Eu é que agradeço as tuas palavras :)
É sempre bom ler o que escreves, acima de tudo, é verdadeiro o que escreves :)

Beijinho *

Alguém... disse...

Eu é que agradeço as tuas palavras :)
É sempre bom ler o que escreves, acima de tudo, é verdadeiro.

Beijinho *

Catarina Costa disse...

Medo?
O medo é o maior inimigo do amor. Tens de pôr isso de lado, meu anjo. Tu sabes que tudo tem um fim, tudo inevitavelmente tem um fim, por mais prolongado que ele o seja. Por vezes, há escolhas que fazemos sem pensar, sem sequer sentir, sem tão pouco nos apercebermos o quanto isso vai mudar a nossa vida, do quanto isso nos vai mudar! Há escolhas, que mais tarde, vemos claramente que foram um erro. Outras, uma boa opção que sabemos que apenas prolongam e deixam vivo o Amor. E nessas, ouvimos o nosso coração e aprendemos com o tempo a entendê-lo, e mais importante que isso, a respeitá-lo! Devemos guardar todas as boas recordações e acreditar, ter esperança. Só assim conseguimos sair do labirinto em que nos colocámos. Só assim conseguimos prolongar e manter vivo, o amor, em todo o seu esplendor.

Catarina Costa disse...

E se caires, meu amor? E se não tiveres forças para te levantares? É só pensares em tudo de bom que aconteceu e guarda-lo bem juntinho a ti. Não vale a pena pensar que iremos fracassar, temos de ter um objectivo em mente e lutar por ele, ouvir o que o coração tem para nos dizer e seguir o rumo que ele nos der.

Se caires? Eu estarei aqui para te levantar de novo, prometo (:

Alguém... disse...

E eu teus :D Muitos muitos!
Sempre deliciosos :) *

Débora. disse...

tens toda a razao :$

Carolina disse...

Lindo :D

Obrigada e tu também tens muito jeito *.*
Beijinho grande :D

Mary disse...

Mas nunca digas nunca. Marcou-me cada palavra tua.
Beijinhos

annie disse...

pois é, colbie é fantástica *.*
adorei o texto.

annie disse...

também eu, não deu para ir ao marés :/

jane disse...

sim fui eu. foi a primeira vez que pintei uma tela.
obrigada :)

Débora. disse...

não tenho jeito nenhum.

Catarina Costa disse...

A própria vida encarrega-se de nos fazer grandes pessoas! Tu também o és, sabias? ;$ Basta acreditares em ti, lutares sem que ninguém te faça desistir. Tu tens uma força gigante dentro de ti, eu sei que tens. Não te deixes vencer pelas adversidades e pelo medo. Mostra à vida que és forte, que és uma guerreira, mostra a toda a gente que nada nem ninguém te impedirá de seguires os teus sonhos. Estarei aqui (:

Misty disse...

A realidade é que Florbela tem uma visão sobre a vida muito desagradável, se calhar a mais realista, mas muito negativa.

No entanto, quando se trata de poesia, não devemos opinar muito, mas tentar entender e viver o que a levou a escreve-lo :)
É sim, um grande poema.

annie disse...

eu ainda não sei mas adorava *.*

Débora. disse...

es uma querida :$

David Marinho disse...

As piores saudades que se podem ter :S

*

Catarina Costa disse...

Claro que sim .
Há sempre um caminho a seguir, há sempre uma nova oportunidade. Se nos fecharem uma porta, temos de abrir uma janela, por mais pequenina que ela seja (:
Tu és capaz, meu amor, eu sei que és.

ADry disse...

Obrigada e eu tb gstei!!!

Catarina Costa disse...

Um anjo? Não, sou uma pessoa normal, mas que tenta compreender o mundo e absorver um pouco de cada coisa que me acontece! Tiro partido de cada momento, cada pessoa, cada emoção, cada palavra e guardo apenas o melhor. Tenho a capacidade de voar, sim, mas isso é porque não perco nunca a esperança (:

Meu amor, és capaz <3

annie disse...

digo sim *.*

Débora. disse...

meus textos são meras palavras :$